7165
   
     
         
Início Top 10 Todas Mais Enviadas Novas Adicionar Anedota





Pesquisa Avançada

Subscrever a newsletter




  Alentejanos  (426)
  Aulas  (57)
  Animais  (74)
  Anões  (9)
  Bebados  (46)
  Brasileiros  (48)
  Amigos  (78)
  Carros  (16)
  Cegos  (13)
  Ciganos  (16)
  Cuba  (42)
  Elefantes  (57)
  Azares  (69)
  Épocas  (16)
  Era uma Vez  (66)
  Expressões  (117)
  Especialistas  (33)
  Estrangeiros  (30)
  Família  (24)
  Fantasias  (31)
  Festas  (6)
  Futebol  (70)
  Farmácia  (9)
  Filmes  (23)
  Gagos  (18)
  Gays  (26)
  Geral  (4306)
  Jovens  (27)
  Loiras  (201)
  Lojas  (16)
  Mortes  (7)
  Médico  (50)
  Nazis  (30)
  Namorados  (31)
  naufrágios  (4)
  O que é  (21)
  Os Se's  (2)
  Porcas  (25)
  Precoces  (25)
  Pais e Filhos  (57)
  Países  (11)
  Patrões  (10)
  Peidos  (9)
  Policias  (12)
  Pretos  (64)
  Restaurantes  (15)
  Religião  (85)
  Ricos  (11)
  Roubos  (3)
  Sádicos  (35)
  Samora  (7)
  Sexo  (109)
  Casamento  (57)
  Sogras  (15)
  Sortudos  (6)
  Transportes  (16)
  Testes  (16)
  Urss  (28)
  Vida Conjugal  (28)
  Raínha da Noite  (3)
  Romeu  (2)
  Adivinha  (60)
  Verdades  (10)
  Linguagem  (20)
  Pinóquio  (4)
  Bolo Amor  (10)
  Químico  (1)
  Alentejana  (108)
  Contradições  (36)
  Matemáticas  (2)
  Dicionário  (5)
  Ignorantes  (26)
  Engano  (21)
  Confusão  (48)
  Remador  (2)
  Palavra  (4)
  Pensamentos  (9)
  Picantes  (35)

Versão para imprimir


Categoria da Anedota: Pinóquio
Categoria da censura:

 Enviado por: activado 2013-02-25
 Tipo: mini
 Estatistica: 1
 Enviado: 322


Titulo:

Detalhe


-
Grelo? - exclamou Gepetoson com ar de nojo. - Ai que horror! Que mau

 gosto! Não
poderia ser uma outra coisa mais inteligente? Um testículo, 

por exemplo?

-
Pare de se lamuriar e veja só isso - disse Pinóquio abaixando as calças!

- Eu
não estou vendo nada de mais! - exclamou Gepetoson.

-
Acabou-se a onda de violência no Rio de Janeiro! - falou Pinóquio, e de 


repente o seu pingolim começou a crescer!

- A
corrupção no Brasil está sendo severamente punida! - continuou o boneco

 e o
seu pingolim aumentou ainda mais de tamanho!

- A
Humor Tadela é a página mais engraçada na Internet! - de repente, o negócio

 dele ficou enorme!

- Que
maravilha! - disse Jepetoson, radiante! - Que fantástico, como você consegue

 isso??

- Foi
a Fada que me ensinou! É fácil, eu falo uma mentira e meu pinto cresce!

-
Uau!!!
Vem, vamos comemorar! - disse Maikol, puxando Pinóquio pelo 

braço. - Casca
fora seu Grelo besta!

Então,
a partir desse dia Maikol Jepetoson se transformou no homem mais feliz

 do
mundo.
Vivia cantando, sempre de bom humor, fazia brincadeiras com 

seus criados
e, às
noites, trancava-se no quarto com Pinóquio e ficava horas e

 horas ouvindo suas
mentiras. Estava tudo perfeito, até que um dia...

-
Pinóquio! - dizia o Grelo Falante. - Você tem que dar um jeito da sua vida,
não

 pode
ficar trancado aqui o tempo inteiro brincando com o
Maikol. Você 


precisa conhecer coisas novas, passear por ai, fazer coisas diferentes. Porque
você

 não experimenta
brincar com uma mulher?

- Uma
mulher? Credo, que nojo! Não me fala esse nome que me embrulha o 

  
estômago!

- Tá
vendo! Você fica tanto tempo com o Maikol que já está falando igual a 

ele! -
Vem, vamos dar um passeio!

- Eu
não quero!

-
Quer sim! Vista-se e vamos embora antes que o Maikol acorde! E trate de pôr um
c

hapéu, pois se pegar esse solão do meio dia, você vai ficar empenado!

Então,
os dois sairam a passear nas proximidades do cais. Uma dúzia de mulheres,

 em
trajes ousados andava pelas calçadas à procura de algum marinheiro. Quando

 uma
delas parou para conversar com Pinóquio, este contou-lhe tantas mentiras que

 ela, ao avistar o enorme volume sob as suas calças, desistiu de convencê-lo a

 pagar-lhe alguma coisa e arrastou-o para um dos quartos onde pode se certificar
do 

tamanho
da mentira do menino.

Quando
Maikol acordou e soube que Pinóquio havia saído, ficou desesperado.

-
Para onde ele foi? - perguntou a um dos seguranças.

- Foi
na direção do cais.

Ele
saiu desembestado imaginando que o menino (ou boneco) havia embarcado em

 algum
navio clandestino. Chegando no cais ele avistou um enorme cargueiro em 

alto mar.

-
Leve-me até aquele cargueiro - ordenou para um marinheiro que alugava barcos.

Os
dois foram atrás do cargueiro e quando estavam bem próximos foram 

surpreendidos por uma baleia faminta que os engoliu.

Quando
Pinóquio saiu do bordel, já estava quase escurecendo. Exausto, ia subindo

 uma
ladeira lentamente, quando avistou uma multidão na beira do cais. Curioso 


perguntou o que era:

- É
o Maikol Jepetoson, que foi engolido por uma baleia!

-
Jepetoson! Meu Deus! Preciso salvá-lo! - disse Pinóquio, pulando para um outro 


barco e remando sozinho.

-
Ui...
ai.... ui... - queixava-se o Grelo Falante!

- O
que foi que houve? - perguntou Pinóquio.

-
Estou toda dolorida - respondeu a consciência. - Não devíamos ter feito isso!

De
repente, uma enorme baleia surge diante deles e os engole.

-
Xi!
Estamos fritos! - comentou Pinóquio, e em seguida, apontando para uma 

das
costelas da baleia - Olha, lá está o Jepetoson! Junto com um marinheiro!

-
Oh! Pinóquio! - disse Jepetoson ao avistá-lo. - Ainda bem que vamos morrer juntos!

-
Não, vamos morrer não - disse a voz esganiçada do Grelo Falante. - Eu tive
uma

 idéia! Vamos fazer uma fogueira com os barcos! Isso vai irritar a mucosa da
Baleia

, ela vai espirrar e vamos ser atirados no mar novamente.

Todos
aprovaram a idéia e começaram a empilhar a lenha no meio do estômago da

 baleia. Em seguida, atearam fogo na madeira. Pouco depois a baleia deu um 


espirro violento e eles foram atirados a mais de quinhentos metros de
distância.

-
Viva! Deu certo! - exclamou Maikol Jepetson.

-
Estamos salvos - disse o marinheiro.

- A
minha idéia foi brilhante - comentou, orgulhoso, o Grelo Falante!

Então,
eles começaram a nadar em direção da praia.                                       
continua...







<< Anterior Next >>
 
Vote nesta Anedota! - Valor de votação 1
 Estúpida   Excelente      
   
 
Enviar esta Anedota a um amigo
      Seu Nome:   Nome do Amigo:
      Seu Email:   Email do amigo:
 


Algarve    Aveiro    Beja    Bragança    Braga    Castelo Branco    Coimbra    Évora    Guarda    Leiria    Lisboa    Portalegre    Porto    Santarém    Setúbal    Viana do Castelo    Vila Real    Viseu    Açores    Madeira   





Pesquisa Avançada

Para adicionar a anedota
do dia ao seu site
clique aqui..















Desenvolvido por: canalweb 1998-2010