7165
   
     
         
Início Top 10 Todas Mais Enviadas Novas Adicionar Anedota





Pesquisa Avançada

Subscrever a newsletter




  Alentejanos  (426)
  Aulas  (57)
  Animais  (74)
  Anões  (9)
  Bebados  (46)
  Brasileiros  (48)
  Amigos  (78)
  Carros  (16)
  Cegos  (13)
  Ciganos  (16)
  Cuba  (42)
  Elefantes  (57)
  Azares  (69)
  Épocas  (16)
  Era uma Vez  (66)
  Expressões  (117)
  Especialistas  (33)
  Estrangeiros  (30)
  Família  (24)
  Fantasias  (31)
  Festas  (6)
  Futebol  (70)
  Farmácia  (9)
  Filmes  (23)
  Gagos  (18)
  Gays  (26)
  Geral  (4306)
  Jovens  (27)
  Loiras  (201)
  Lojas  (16)
  Mortes  (7)
  Médico  (50)
  Nazis  (30)
  Namorados  (31)
  naufrágios  (4)
  O que é  (21)
  Os Se's  (2)
  Porcas  (25)
  Precoces  (25)
  Pais e Filhos  (57)
  Países  (11)
  Patrões  (10)
  Peidos  (9)
  Policias  (12)
  Pretos  (64)
  Restaurantes  (15)
  Religião  (85)
  Ricos  (11)
  Roubos  (3)
  Sádicos  (35)
  Samora  (7)
  Sexo  (109)
  Casamento  (57)
  Sogras  (15)
  Sortudos  (6)
  Transportes  (16)
  Testes  (16)
  Urss  (28)
  Vida Conjugal  (28)
  Raínha da Noite  (3)
  Romeu  (2)
  Adivinha  (60)
  Verdades  (10)
  Linguagem  (20)
  Pinóquio  (4)
  Bolo Amor  (10)
  Químico  (1)
  Alentejana  (108)
  Contradições  (36)
  Matemáticas  (2)
  Dicionário  (5)
  Ignorantes  (26)
  Engano  (21)
  Confusão  (48)
  Remador  (2)
  Palavra  (4)
  Pensamentos  (9)
  Picantes  (35)

Versão para imprimir


Categoria da Anedota: Alentejanos
Categoria da censura: Adulto

 Enviado por: Helena Pereira activado 2013-11-11
 Tipo: long
 Estatistica: 4
 Enviado: 26


Titulo:

Alentejano doente


Um alentejano vai ao médico e depois de um exame detalhado, este olha-o nos olhos e diz-lhe:
- Tenho más notícias... Você está com uma doença incurável. Dou-lhe de duas a quatro semanas de vida.
O alentejano, chocado e triste, mas de índole forte, recupera rapidamente e sai do consultório.
Na sala de espera, encontra o filho, que o aguardava e diz-lhe:
- Estou com um cancro e tenho pouco tempo de vida. Vamos mas é beber umas cervejas, para aliviar.
Depois de muitos copos, risadas... e mais cerveja, Uns amigos chegam e perguntam o motivo daquela alegria toda.
O alentejano justifica a comemoração, dizendo que está com SIDA, Os amigos ficam consternados e bebem também umas jolas. Assim que consegue aproximar-se do pai, o filho pergunta-lhe ao ouvido:
- Atã, paíÍÍ! Você disse-me que estava com um cancro, mas para eles disse que está com SIDA?!
O Alentejano olha em volta antes de responder baixinho: Claro que estou com um cancro, filho, mas nã quero é estes maganos comendo a tua mãe depois de eu morrer... já me basta a porra da doença!


<< Anterior Next >>
 
Vote nesta Anedota! - Valor de votação 4
 Estúpida   Excelente      
   
 
Enviar esta Anedota a um amigo
      Seu Nome:   Nome do Amigo:
      Seu Email:   Email do amigo:
 


Algarve    Aveiro    Beja    Bragança    Braga    Castelo Branco    Coimbra    Évora    Guarda    Leiria    Lisboa    Portalegre    Porto    Santarém    Setúbal    Viana do Castelo    Vila Real    Viseu    Açores    Madeira