7165
   
     
         
Início Top 10 Todas Mais Enviadas Novas Adicionar Anedota





Pesquisa Avançada

Subscrever a newsletter




Alentejanos  (426)
  Aulas  (57)
  Animais  (74)
  Anões  (9)
  Bebados  (46)
  Brasileiros  (48)
  Amigos  (78)
  Carros  (16)
  Cegos  (13)
  Ciganos  (16)
  Cuba  (42)
  Elefantes  (57)
  Azares  (69)
  Épocas  (16)
  Era uma Vez  (66)
  Expressões  (117)
  Especialistas  (33)
  Estrangeiros  (30)
  Família  (24)
  Fantasias  (31)
  Festas  (6)
  Futebol  (70)
  Farmácia  (9)
  Filmes  (23)
  Gagos  (18)
  Gays  (26)
  Geral  (4306)
  Jovens  (27)
  Loiras  (201)
  Lojas  (16)
  Mortes  (7)
  Médico  (50)
  Nazis  (30)
  Namorados  (31)
  naufrágios  (4)
  O que é  (21)
  Os Se's  (2)
  Porcas  (25)
  Precoces  (25)
  Pais e Filhos  (57)
  Países  (11)
  Patrões  (10)
  Peidos  (9)
  Policias  (12)
  Pretos  (64)
  Restaurantes  (15)
  Religião  (85)
  Ricos  (11)
  Roubos  (3)
  Sádicos  (35)
  Samora  (7)
  Sexo  (109)
  Casamento  (57)
  Sogras  (15)
  Sortudos  (6)
  Transportes  (16)
  Testes  (16)
  Urss  (28)
  Vida Conjugal  (28)
  Raínha da Noite  (3)
  Romeu  (2)
  Adivinha  (60)
  Verdades  (10)
  Linguagem  (20)
  Pinóquio  (4)
  Bolo Amor  (10)
  Químico  (1)
  Alentejana  (108)
  Contradições  (36)
  Matemáticas  (2)
  Dicionário  (5)
  Ignorantes  (26)
  Engano  (21)
  Confusão  (48)
  Remador  (2)
  Palavra  (4)
  Pensamentos  (9)
  Picantes  (35)

Versão para imprimir


Categoria da Anedota: Gays
Categoria da censura:

 Enviado por: activado 2012-06-18
 Tipo: mini
 Estatistica: 1
 Enviado: 1


Titulo:

Detalhe


Estava
um homem muito descansado num parque de estacionamento entre dois

 carros a
verter águas, até que lhe aparece outro que fica a olhar para ele. Depois

 de
olhar durante um bocado pergunta ao outro com uma voz muito meiga :

-
Posso fazer-lhe uma festinha ?

- Ai
só me faltava cá mais esta agora ... Vai-te embora.

-
Ande lá, só uma festinha, vai ver que se calhar até gosta.

-
Tás aqui tás a levar, vê lá mas é se desapareces antes que eu te dê uns
murros.

-
Deixe-me fazer só uma festinha e eu depois vou embora, prometo que não o 


chateio mais....

-
Pronto está bem, faz lá a festa mas depois desapareces !

Então
ele com muito cuidado lá pega no pirilau do homem e de repente começa 

a
apertar, a torcer e a puxar e desata aos berros :

-
Isto é ... para tu ...aprenderes ... a nunca mais ... mijares para cima ... dos
pneus ...

 do ... meu ... carro !!!


<< Anterior Next >>
 
Vote nesta Anedota! - Valor de votação 1
 Estúpida   Excelente      
   
 
Enviar esta Anedota a um amigo
      Seu Nome:   Nome do Amigo:
      Seu Email:   Email do amigo:
 


Algarve    Aveiro    Beja    Bragança    Braga    Castelo Branco    Coimbra    Évora    Guarda    Leiria    Lisboa    Portalegre    Porto    Santarém    Setúbal    Viana do Castelo    Vila Real    Viseu    Açores    Madeira   





Pesquisa Avançada

Para adicionar a anedota
do dia ao seu site
clique aqui..















Desenvolvido por: canalweb 1998-2010