7165
   
     
         
Início Top 10 Todas Mais Enviadas Novas Adicionar Anedota





Pesquisa Avançada

Subscrever a newsletter




  Alentejanos  (426)
  Aulas  (57)
  Animais  (74)
  Anões  (9)
  Bebados  (46)
  Brasileiros  (48)
  Amigos  (78)
  Carros  (16)
  Cegos  (13)
  Ciganos  (16)
  Cuba  (42)
  Elefantes  (57)
  Azares  (69)
  Épocas  (16)
  Era uma Vez  (66)
  Expressões  (117)
  Especialistas  (33)
  Estrangeiros  (30)
  Família  (24)
  Fantasias  (31)
  Festas  (6)
  Futebol  (70)
  Farmácia  (9)
  Filmes  (23)
  Gagos  (18)
  Gays  (26)
  Geral  (4306)
  Jovens  (27)
  Loiras  (201)
  Lojas  (16)
  Mortes  (7)
  Médico  (50)
  Nazis  (30)
  Namorados  (31)
  naufrágios  (4)
  O que é  (21)
  Os Se's  (2)
  Porcas  (25)
  Precoces  (25)
  Pais e Filhos  (57)
  Países  (11)
  Patrões  (10)
  Peidos  (9)
  Policias  (12)
  Pretos  (64)
  Restaurantes  (15)
  Religião  (85)
  Ricos  (11)
  Roubos  (3)
  Sádicos  (35)
  Samora  (7)
  Sexo  (109)
  Casamento  (57)
  Sogras  (15)
  Sortudos  (6)
  Transportes  (16)
  Testes  (16)
  Urss  (28)
  Vida Conjugal  (28)
  Raínha da Noite  (3)
  Romeu  (2)
  Adivinha  (60)
  Verdades  (10)
  Linguagem  (20)
  Pinóquio  (4)
  Bolo Amor  (10)
  Químico  (1)
  Alentejana  (108)
  Contradições  (36)
  Matemáticas  (2)
  Dicionário  (5)
  Ignorantes  (26)
  Engano  (21)
  Confusão  (48)
  Remador  (2)
  Palavra  (4)
  Pensamentos  (9)
  Picantes  (35)

Versão para imprimir


Categoria da Anedota: Engano
Categoria da censura:

 Enviado por: activado 2013-03-04
 Tipo: mini
 Estatistica: 4
 Enviado: 6


Titulo:

Detalhe


Engano
Fatal


 


Um
estudante ia a passar em frente a uma loja, e acabou por comprar um

 par de luvas
para a sua namorada. Pediu à balconista para embrulhar e 

foi pagar, deixando o
embrulho ao lado de outro igual, só que neste último

, havia um par de
calcinhas.

No
fim o embrulho foi trocado e o estudante enviou-o junto com uma carta 

que dizia
assim:

"Meu
amor:

Sei
que hoje não é o teu aniversario, mas passei em frente a uma loja e resolvi

 comprar-te este presente, mesmo sabendo que não costumas usar, mas eram

 muito
bonitas. Não sei se são do teu tamanho nem se gostas da cor, mas a bal-

conista
experimentou na minha frente e eu gostei muito. Ficaram um pouco 

larguinhas na
frente e dos lados mas assim as mãos entram com maior facilidade

 além de
deixar os dedos mais livres para se movimentarem, fazendo também 

com
que fique
mais fácil tirá-las. A balconista mandou lembrar que ponhas um 

talquinho
quando as tirares a fim de evitar o mau cheiro. Meu amor, gostaria 

muito que
as usasses, pois elas cobrirão o que te pedirei algum dia.

Um
grande beijo aonde vais usá-las."





<< Anterior Next >>
 
Vote nesta Anedota! - Valor de votação 4
 Estúpida   Excelente      
   
 
Enviar esta Anedota a um amigo
      Seu Nome:   Nome do Amigo:
      Seu Email:   Email do amigo:
 


Algarve    Aveiro    Beja    Bragança    Braga    Castelo Branco    Coimbra    Évora    Guarda    Leiria    Lisboa    Portalegre    Porto    Santarém    Setúbal    Viana do Castelo    Vila Real    Viseu    Açores    Madeira   





Pesquisa Avançada

Para adicionar a anedota
do dia ao seu site
clique aqui..















Desenvolvido por: canalweb 1998-2010